Os 5 destaques inesquecíveis em 2020!!

Quando escrevo estas linhas são 4 dias para o final do ano e, tendo em vista a dinâmica desse ano único, fica a pergunta, será que já podemos falar em retrospectiva do ano? Ou será que ainda não?

2020 começou sereno e silencioso, bolsa em alta e um fluxo forte de investidores pessoas físicas migrando da renda fixa para a variável; o número de investidores na B3 subindo e assim seguiu o ano todo! Na verdade, esse foi o primeiro destaque do ano, a força do investidor pessoa física que veio para ficar!

Em março e abril veio a pandemia do Covid-19 com suas características peculiares. Nos meus 30 anos de mercado nunca vi nada parecido, por isso o segundo destaque vai para a intensidade da queda da B3 com seus inúmeros circuit brakes.

O terceiro destaque também ficou por conta de algo novo, e que jamais pensei ser possível: o preço do barril de petróleo negativo!! Isso mesmo, uma especulação envolvendo um fundo que investia em petróleo. Os vendidos querendo entregar o produto a qualquer preço, sem local de armazenamento para tanto óleo! Isso provocou a maior distorção que vi em toda a minha história no mercado financeiro, o preço do barril WTI a -38,01 dólares o contrato com vencimento maio/20. Em abril escrevemos um artigo sobre esse tema “Memórias de um gestor e o crash do petróleo”, vale a leitura. Ou seja, vendedores pagando para entregar/zerar suas posições…

O quarto destaque ficou para as ações de tecnologia que tiveram performance inacreditável. Sem dúvida a tecnologia foi a grande vencedora da pandemia e foram as empresas que fizeram a travessia do real para o virtual e digital as grandes beneficiadas!!! Essa tendência é irreversível e mudou a forma de avaliar empresas e negócios.

Finalmente o quinto destaque, a eleição americana com a vitória democrata e seus impactos no mercado, principalmente nos mercados de países emergentes, uma mudança de visão e de fluxo jamais vista, bancos tradicionais e empresas de petróleo e mineração que compõem a maior parte da carteira do EWZ, ETF que representa as ações brasileiras e é negociado em NY, passaram a ser demandadas por investidores estrangeiros com baixa exposição em Brasil e que precisaram, de um dia para o outro, aumentar substancialmente suas posições em EWZ. Um fluxo gigantesco que ocasionou um forte movimento de alta nas ações de bancos, petróleo e mineração aqui no Brasil, as mais influentes do IBOVESPA.

2020 não foi um ano comum, não será lembrado com saudade, mas com respeito, esses foram apenas alguns de seus importantes momentos, mas não vamos esquecer que ainda restam quatro dias…

Paulo Battistella Bueno
Paulo Battistella Bueno
Gestor/Sócio na Santa Fé Investimentos